segunda-feira, 2 de julho de 2007

AL - Bummmmmmmm


Silêncio

Silêncio
de salgueiro
sobre um braço de água parada,
silêncio
de nuvens imóveis,
silêncio
de caminhos intransitivos.

Solidão
de relvas de outono,
solidão
de pássaro sobre o pântano,
solidão
de datas insaciáveis.

Dor
de sol ensanguentado,
dor
de luz na penumbra,
dor
do não-vivido.

Ivan Minatti

.

.

I'm dead. inside.

.

or…
maybe not dead,
but death it self



2 comentários:

canela disse...

Vim devolver a visita...nada de mortes inside, please! São tristes e não levam a lado nenhum...

LR disse...

tão depressiva...credo!

[todos morremos um bocadinho todos os dias, é certo! mas ao mesmo tempo há células que se regeneram...]