segunda-feira, 1 de junho de 2009

Zimbreirinha, 2007.


A grande chatisse de ir de férias é o trabalho que elas dão até, finalmente, batermos com a porta.
Ele é o trabalho a dobrar no serviço, as horas infindáveis que passamos a terminar mais isto e aquilo (e há sempre qualquer coisa que fica para trás, menos o telemóvel que mói o juízo), as compras, as arrumações em casa (para quando chegar não ter de me matar a trabalhar nas limpezas), passar a ferro, arrumar a roupa, fazer as malas e tentar não me esquecer de nada.
Mas é assim... moídinha mas prestes a zarpar rumo ao sol, e ao mar, e ao cheiro bom das coisas boas, ao sabor bom das coisas deliciosas, ao dolce fare niente, como eu gosto, de vez em quando.
Estes dias poderão confundir-me como uma qualquer lagarto ao sol, arrastando-se da areia para o mar e do mar para areia... Até daqui a uns dias.
(e para quem não vai de férias, bom trabalho. Também há-de vir a vossa vez. É o que vale!).

7 comentários:

Smile disse...

Umas boas férias e aproveita ao máximo os diazinhos de descanso.

Dantins disse...

Identifico-me tanto com este teu discurso da chatice pré-férias, é uma trabalheira :S

Boas férias e muito descanso.
Eu vou sexta e vão ser muito parecidas com as tuas.

Bjos

clic disse...

Dá-me ideia que bem mereces!... :)))

a disse...

Tanta canseira para ir e tanta preguiça para voltar.

Boas férias!

estrelaminha disse...

bom dia!
tem umas boas férias.
beijocas

fiel.jardineira disse...

Boas ferias :)
Bjs

GRAFIS disse...

A tod@s, obrigada :)
Voltei no fim-de-semana, cumpri o meu dever cívico e estou de partida para mais uma semaninha de papo para o ar (espero)... tenham umas boas mini-férias (se contarmos com os feriados, todos vão ter uns tempinhos de descanso).
Bjs